2.23.2015

Faculdade: A realidade do ENEM!


Eu poderia começar, dizendo que o Brasil é o melhor lugar para si viver, que temos melhores condições de vida e as melhores oportunidades. Mentira. Tudo mentira. Eu não vou dizer que estou revoltada pois, isso eu sempre fui mas, eu estou decepcionada e de coração partido.
Fiz o ENEM, me inscrevi no Prouni, um programa próprio para alunos de escola pública — e eu estudei em escola pública — e me inscrevi no meu curso. Um curso que surgiu do nada em minha cabeça mas, já estava no meu sangue a tempos, porém, eu era a única pessoa que não enxergava. A escrita e a leitura, sempre foram minhas melhores amigas, sempre gostei de viajar em diversos livros de ficção e literatura, minha melhor matéria sempre foi português, interpretação de texto e produção do mesmo. Tinha uma queda pela matéria de biologia e até então, achava que minha vocação era Ciências Biológicas — genética — mas me enganei. Está no meu sangue. Adoro opinar, mostrar prováveis soluções, gosto de ler, PRECISO da leitura, necessito escrever e opinar. ODEIO, ser Maria vai com a outras, e ter a mesma opinião ou o ponto de vista de todo mundo, ser igual a massa, eu sempre fui diferente, sempre tive outras opiniões, nunca aceitava o que me tentavam me impor, debatia, discutia. E mais uma vez estou aqui. Quero muito mais do que escrever, muito mais do que digitar meras palavras neste blog, quero desabafar. Preciso. 
Depois que percebi que essa era a minha vocação — que até minhas próprias colegas comentavam que eu deveria fazer Jornalismo, sem eu mesma saber que elas falavam e até gente que eu não conhecia — me inscrevi no Prouni e consegui obter com MINHA NOTA, com MEU ESFORÇO, uma bolsa para Jornalismo. Claro que continue neutra durante um tempo, segui o meu lema e pensar negativo pois, prefiro pensar pensar negativo e me surpreender no final, do que pensar positivo e me decepcionar. E este foi meu erro. Pensei positivo, achei que tivera conseguido a tão desejada bolsa para a faculdade, e ainda a bolsa para o curso que você quer, para o curso que eu quero. Fui atrás de papelada mais papelada, declaração disso e aquilo, comprovantes, xerox e cópias. Deixo claro aqui que, meus pais são autônomos, ou seja, eles podem ganhar pouco ou muito, até mesmo como não ganhar — como já ocorreu milhares de vezes, de ter mês que o pai não estava ganhando nada — e foi isso que me complicou. Não tenho como pagar faculdade. É caro, fora os materiais que teria que comprar por minha conta própria — no caso meu pai — e foi por isso que eu e milhares de outros brasileiros, fizemos o ENEM, para tentar conseguir uma bolsa. 
Não consegui comprovar que recebia um salário mínimo, até por que como havia dito antes, meus pais são autônomos, não tem carteira assinada nem papeis para comprovar. E vamos ser sinceros, quem conhece viver nesse país com um salário mínimo? Um aluguel é R$ 700,00 reais, luz R$ 400,00 reais, água, impostos, e contas, contas, contas. Faça os cálculos e me diz se alguém pode VIVER com um salário mínimo. Eu disse VIVER pois, quando você sobrevive em um lugar, você não é feliz. Se meus pais recebessem apenas um salário mínimo, garanto para vocês que passaríamos muitas necessidades.
Eu perdi minha vaga. Assim que ouvi a moça que estava me entrevistando dizendo que, só poderia com esse comprovante de renda, e ouvindo meu pai dizendo que podia pegar os documentos, papeis e etc, meu coração quase saiu pela boca. Senti todas as lágrimas entaladas, me senti triste e inútil mas, consegui ir embora com um rosto calmo, e até com um sorriso no rosto.
Eu estou muito indignada com o Brasil. A gente batalha, trabalha, luta, estuda, consegue uma bolsa e perde, por causa disso. A única coisa que o Brasil dá para nós, brasileiros, é contas, contas, contas, impostos. Gasolina está mais cara do que um feijão. Comida subindo cada vez mais. E o nosso salário? Cada vez menor, e os salários dos deputados, senadores, prefeitos, cada vez maiores. 
Pobre é assim mesmo, só recebe na cara. Pobre só trabalha para sobreviver nesse país miserável. A gente só aprende quando leva, e quando leva ainda fica calado. 
Eu, estou muito triste, e decepcionada. Sempre tive medo desse dia, do dia que não conseguiria entrar na faculdade, mas meu medo, era de ser burra e não alcançar a nota... mas foi bem diferente. Não entrei, por causa do Brasil e suas leis contra o cidadão. Contra os cidadãos.

13 comentários:

  1. Não desiste agora. Faz uma carteira de trabalho, procura um emprego. Você vai ter seus contra cheques e vai conseguir o que falta pra entrar na faculdade que você quer. E se continuar estudando como estudou, vai conseguir a mesma nota ou até maior. Sei que é difícil, mas não é impossível. E uma falha não é sinônimo de uma derrota.
    Eu também sou apaixonada por escrita desde pequeninha, trabalho em um mercado porque preciso resolver certas coisas sozinha. E não consegui a nota pra jornalismo, consegui pra Sistemas para Internet, a faculdade que eu ia fazer antes de me tocar que meu negócio é escrever. Mas eu vou fazer o Enem de novo, tem Sisu, tem Fies e eu não vou desistir, eu vou conseguir, não importa o quanto demore. E aposto que você também vai. Talvez eu esteja sendo intrometida, mas gosto de ajudar e dar apoio às pessoas. Algumas são ingratas, mas aí é só parar com elas. Espero que meu comentário ajude, sei que é complicado, mas quando você é positiva de verdade e acredita na própria capacidade de superação, você fica mais forte. Isso te deixa mais calma e facilita pensar com clareza, e com isso, você resolve tudo e vai longe. Então seja positiva, vai dar tudo certo.

    http://antigosdiarios.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai mana,desistir,desistir eu não vou mas, que bate um desanimo e uma decepção bate oh.. e tristeza. Mas vou fazer novamente esse ano e espero conseguir novamente minha bolsa para Jornalismo e espero que não dê novamente esse problema :S

      Excluir
  2. Olá.. Poxa, sei muito bem o que é essa decepção de não conseguir obter uma vaga. Ao longo do tempo, fiz prova pro CETUR (primeiro), depois FAETEC e até o ENEM, pela primeira vez.

    Já no CETUR fiquei bolado pq caíram matérias q eu não tinha jamais visto! e isso me deixou indignado com o sistema de minha educação fundamental, como um todo... mas eu era mais novinho, assim.. q nem vc..tinha muito pela frente...

    Na FAETEC ñ foi diferente: coisas q eu vi, misturada com coisas difíceis demais; no ENEM, quando da primeira vez, fiz e não consegui nota para algum curso que eu queria. Então pensei em trabalhar cedo, para ir adiantando minha vida enquanto isso.

    Da última vez que fiz o enem, passei :* kkk mas, moça, tudo foi uma experiência... Como dica, posso dizer que eu estudei no descomplica.com.br, sem o qual eu creio que não iria passar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara, só acho que você não leu o texto...
      Então, eu CONSEGUI a vaga, passei no enem, e para o curso que eu queria, o que eu reclamei foi o fato de não aceitarem minha renda pq meus pais são autônomos e não ter como provar, nisso também disse que é injustiça, você estudar e conseguir a sua nota e sua bolsa mas dps perder pq nao tem como provar que vc nao tem condições de pagar sendo que, você passou, com sua inteligência.

      Excluir
    2. Desculpe...
      É uma pena que eles não tenham conseguido provar... geralmente, quando a pessoa é autonoma, ela procura o SEBRAE, que te dá todos os direitos e tal...

      Caso eles já tenham tudo isso (como vc disse q foi atrás de fotocópias, declarações e o caramba), realmente é uma pena. Caso eles não tenham, esse é mais um dos malefícios do trabalho informal e da burocracia.. ◑﹏◐

      Excluir
    3. ai maninho... se fosse só isso seria fácil.. entao, meu pai me explicou que dava de fazer uma tal documentação (mas nao era esse o nome, era outro) porém, ele teria que pagar todo mês um imposto muito caro, agora imagine: ele é autônomo, tem tempo que ele recebe, e tem tempo que nao, já tem mil e uma conta pra pagar pra esse governo, e ainda impostos e mais impostos(pq o brasil só pensa em roubar né) e se ele fizesse isso seria mais roubado ainda...então, tive que abrir mao... vou fazer 18 anos e vou ver se consigo assinar minha carteira com um sálario minimo mesmo e tentar morar sozinha, assim eles nao vao poder falar que eu nao posso pagar a faculdade....

      Excluir
    4. poisé maninha.. tudo roubado nessa nação.. Espero que tu consiga um emprego tranquilo pra, se preciso for, comprovar renda, e não esquentar a cabeça mais com isso. hehe
      Bons ventos pra vc e família VLW ;)

      Excluir
  3. Não acreditoooo que você não conseguiu a bolsa! :| cara, em todos lugares que você vai você só ouve pessoas falando mal da situação atual no Brasil... um salário mínimo realmente não dá pra nada, guerreiro é que consegue alimentar o filhos com apenas 700 reais (eles aumentaram agora, mas como aumentaram os impostos de tudo, continua a mesma merda). Eu não sei o que te dizer, Jhessica, só quero dizer pra você não desistir. Infelizmente estamos em um país que parece que o governo não se importa com os cidadãos. Não desista Jhessica, vai dar tudo certo, você vai conseguir sua bolsa de volta ou sei lá, ganhar na loteria e conseguir entrar na melhor faculdade de todas (foi só pra descontrair mas não teve graça, eu sei), só não desista! Vi o comentário acima e te dou a maior força pra você conseguir um trabalho com carteira assinada. E boa sorte linda. ♥

    Beijos! | @steffanylopess
    www.steffanylopes.com.br
    http://fashiondaych.com.br/4468/perfil

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A bolsa eu consegui... o que perdi foi a vaga na faculdade por nao conseguir provar a renda.. pois é mana, guerreiro mesmo quem vive com sálario mínimo nesse país, como tu disse aumentou (entre aspas né) mas os imposto também, gasolina está quase cinco reais (nisso aumenta tudo no mercado e loja) espero que ano que vem dê tudo certo. Vlw flor.

      Excluir
  4. Poxa florzinha, que triste você não ter conseguido por tão pouco. :/
    É uma sacanagem tanta burocracia nesse Brasil... Ninguém vive com um salário mínimo.
    Mas não desista, tenta fazer esse ano de novo e se não der certo tenta arranjar um emprego, vai juntando grana e entra pelo FIES. Eu tenho alguns amigos que estão fazendo isso.
    Beijos. ♥
    Infinita Feminice

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não quero Fies cara... eu estudei anos em escola pública, e quase me ferrei na escola daqui por ter sido muito puxada, tudo isso para conseguir uma bolsa integral, e é isso que eu vou conseguir NOVAMENTE, minha bolsa... e outra, Fies esse ano está com problemas, talvez voltei só para abril e olhe lá.,... e minha mae faz fies pra faculdade dela e, tem que fazer as mesmas comprovações e muito mais burocracias ... quero minha bolsa de volta, e eu vou ter haushus
      beijos flor.

      Excluir
  5. Poxa, que droga.
    Infelizmente o Prouni funciona assim para que pessoas que possam pagar não consigam a bolsa no lugar de quem não pode, toda medida tem o seu lado ruim e seu efeito colateral, infelizmente o seu caso foi um desses.
    Não tem nenhuma faculdade federal na sua cidade ou próxima a ela? O que você vai fazer agora?
    ponytails-and-lolipops.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Mas eu realmente nao posso pagar a faculdade, ela custa 700 reais mais o custo dos equipamentos que terei pois vou mexer com fotografia tambem e edições, uma câmera custa nada mais nada menos que 3 mil... sem falar no quanto que terei que desembolsar em trabalhos livros(mesmo sendo xerox) e cópias.
    Ter tem, uma faculdade federal na minha cidade que é a Unir (universidade federal de rondonia[meu estado]) porém é muito pior, a concorrencia é pior ainda sem falar que a maioria que entra lá é mais as cotas e escolas particulares.. publicas é mais complicado. E eu nao posso sair da minha cidade, então só tinha a faculdade particular (prouni né) só que meu curso só tem nessa faculdade, mesmo que eu fosse pra unir lá nao tem jornalismo :c

    Agora to fazendo curso de inglês, e vou fazer o enem novamente só que dessa vez... vou fazer umas coisinhas ai pra conseguir manter minha vaga.

    ResponderExcluir

Bom se você comentar aqui por favor fale da postagem e se você seguir avise-me que esta seguindo mais por favor fale da postagem, comentários como "seguindo, segue de volta" serão totalmente ignorados, comentários ofensivos a mim ou a qualquer outro blog sera excluído e ignorado, obrigado pela atenção.
Blog II *u*
RAWR Jhessy

Alguns emotions para você usar:

♥❤∞ ☆ ★ ✖ 。◕‿◕。® ™ ☏✿゚✤
(◕‿◕✿) 。◕‿◕。 ⊱✿◕‿◕✿⊰(◡‿◡✿)(◕〝◕)◑▂◐ ◑0◐ ◑︿◐ ◑ω◐ ◑﹏◐ ◑△◐ ◑▽◐
●▂● ●0● ●︿● ●ω● ●﹏● ●△● ●▽●
⊙▂⊙ ⊙0⊙ ⊙︿⊙ ⊙ω⊙ ⊙﹏⊙ ⊙△⊙
≡(▔﹏▔)≡

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...